“A História da Ficção Científica por James Cameron” estreia hoje no AMC no às 21h30. Com seis episódios, a série de documentários, traz a visão do roteirista, diretor e produtor James Cameron sobre o gênero da ficção científica. Cameron nos leva por uma jornada de descoberta, nos ajudando a entender de onde vieram as ideias da ficção científica – e para onde elas estão nos levando.

Ao longo de cada episódio, a série explora as raízes do gênero, sua visão futurista e o nosso fascínio por ela. A produção traz entrevistas com profissionais cujas carreiras definiram a ficção científica, como Steven Spielberg, George Lucas, Ridley Scott, Christopher Nolan, Arnold Schwarzenegger, Will Smith e Sigourney Weaver, entre muitos outros.

 

Sinopse dos episódios

 

EPISÓDIO 1: VIDA ALIENÍGENA

A ficção científica está cheia de explorações da vida alienígena. O que os alienígenas podem nos ensinar sobre o que significa ser humano? Alienígenas de outros mundos têm sido um marco da ficção científica desde que H.G. Wells popularizou a ideia da existência dos marcianos em Guerra dos Mundos. Se eles realmente existem é uma pergunta sem resposta, mas não há como negar o fato de que os alienígenas têm sido objeto de fascínio e medo desde então – de Encontros Imediatos de Terceiro Grau a Independence Day, a ficção científica usou extraterrestres como metáforas para explorar poderosas ideias a respeito de comunicação, colonização, política, poder – e de como tratamos uns aos outros.

 

EPISÓDIO 2: EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO

Será que algum dia viajaremos para as estrelas do jeito que a ficção científica imaginou? Para muitos, ficção científica e foguetes são dois lados da mesma moeda. Desde H.G. Wells Julio Verne, viajar para as estrelas e para além tem sido um tema central – e uma promessa – da ficção  ientífica. Escritores como Arthur C. Clarke, Robert Heinlein e Ray Bradbury agarraram essas ideias e lançaram as bases para franquias modernas como Jornada nas Estrelas e Guerra nas Estrelas. O que está lá fora esperando por nós – e como as descobertas do espaço profundo mudarão quem somos?

 

EPISÓDIO 3: MONSTROS

O que nos causa medo – e por que gostamos tanto disso? Os monstros de ficção científica nos permitem explorar as nossas próprias partes sombrias – partes que talvez nem queiramos admitir que existam. Esses monstros baseados na ciência reduzem nossos medos – do desconhecido, a transgressão, dos outros – a uma presença visível e visceral. E, de fato, a ficção científica deve sua existência a monstros: Frankenstein de Mary Shelley é amplamente reconhecido como o primeiro trabalho a explorar a ciência e seu impacto na sociedade. De Godzilla a Jurassic Park, de O Enigma de Outro Mundo a “Stranger Things”, exploramos como a ficção científica aproveita o poder do medo.

 

EPISÓDIO 4: FUTUROS ESCUROS

O que acontece – quando o mundo acaba? A ficção científica está cheia de visões de distopias e mundos pós-apocalípticos, refletindo a nossa fascinação pelo Fim. Como isso vai acontecer? Será que vamos sequer perceber que ele está aqui? E poderíamos sobreviver? Essas perguntas são centrais para o tema do futuro negro da ficção científica. O medo de governos brutais levou a obras como 1984 e Jogos Vorazes, enquanto visões de colapso social estão na raiz de uma saga como “The Walking Dead”. Entretanto, onde houver apocalipse, sempre existe um grupo de sobreviventes pós-apocalípticos tentando reconstruir a sociedade. É difícil acabar com a humanidade.

 

EPISÓDIO 5: MÁQUINAS INTELIGENTES

As máquinas inteligentes do futuro salvarão a humanidade – ou levarão à nossa morte? Os robôs de ficção científica são a personificação móvel de uma ideia fascinante: a inteligência artificial. Apesar das terríveis advertências de pessoas como Stephen Hawking e Elon Musk, a IA é uma ideia que oferece promessas e perigos em igual medida. Desde os primórdios da ficção científica [Metropolis] e passando pelos marcos do cinema [O Exterminador do Futuro] até os últimos sucessos de bilheteria [Ela], esse é um poço do qual o gênero se abastece continuamente. E por uma boa razão: essas tecnologias antigamente fantasiosas e possivelmente ameaçadoras já não parecem tão distantes.

 

EPISÓDIO 6: VIAGEM NO TEMPO

Podemos viajar no tempo – e, se for verdade, é possível mudar o nosso destino? A viagem no tempo é uma das ideias mais convincentes e tentadoras da ficção científica. H.G. Wells inventou sozinho o conceito de uma máquina para viajar no tempo em A Máquina do Tempo e, desde então, escritores e cineastas exploraram suas possibilidades, armadilhas e paradoxos. Existem vários futuros? Podemos mudar o nosso destino? Ou somos fantoches de uma inviolável linha do tempo? De De Volta Para o Futuro e Interestelar até O Exterminador do Futuro, exploramos
essas inebriantes ideias – e lidamos com as perguntas que elas levantam.

Criadora do Yada Yada, produtora de conteúdo, youtuber, podcaster. Fã do mundo do entretenimento nerd desde adolescente, tem como hobbies os filmes, seriados, livros e jogos. Sempre perde a cabeça com as promoções da Steam e é especialista em ficar pistola a qualquer momento do dia.