Better Call Saul

A série que literalmente é “Saul good, man”!

SEM SPOILERS!

Em homenagem à data de estreia da terceira temporada ter sido anunciada para dia 10 de abril, resolvemos rever as duas primeiras temporadas para aquecer o hype!

Better Call Saul conta a história do advogado de defesa Saul Goodman (que conhecemos anteriormente na série Breaking Bad). A série se passa antes de Breaking Bad, quando Saul ainda era conhecido por seu nome real: James “Jimmy” McGill (Bob Odenkirk).

Slippin’ Jimmy with a law degree is like a chimp with a machine gun!

Quem assistiu Breaking Bad deve lembrar que todos os personagens da série eram péssimas pessoas (com pouquíssimas exceções). Obviamente Saul Goodman era uma dessas pessoas terríveis: um advogado de criminosos.

DISCLAIMER DA MELLISSA

“Quero deixar registrado aqui que não concordo com a opinião do Douglas em dizer que todos eram malignos. As piores pessoas da série eram a chata da Skyler e o casal ex sócio do Walter. Tirando isso, eram todos ótimas pessoas”

Better Call Saul é legal pois você consegue ver que na verdade o personagem nem sempre foi uma pessoa ruim. A grande similaridade entre as séries é exatamente essa: a queda de bons homens devido a situações ruins.

Jimmy inicia a série como um trapaceiro, ganhando dinheiro enganando pessoas e quando é acusado, corre o risco de ficar muito tempo na prisão. Ele pede ajuda a seu irmão Charles McGill (Michael McKean) que é ótimo advogado de defesa. Charles propõe tira-lo dessa enrascada contanto que Jimmy prometa parar com a vida de trapaças e começar a trabalhar honestamente.

I broke my boy.

A melhor parte dessa ramificação de Breaking Bad é termos a volta de Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks), na minha opinião um dos melhores personagens de ambas as séries. Assim como vemos o passado de Saul, vemos também o passado de Mike e começamos a entender um pouco mais de seu personagem.

A série também conta com outros personagens que passaram por Breaking Bad. A maior novidade da terceira temporada parece ser o retorno de Gustavo “Gus” Fring (Giancarlo Esposito), um personagem muito marcante.

E o nosso veredito é …

NOTA: 8/10

Better Call Saul tem um toque de humor que não era muito visto em Breaking Bad. A história é mais leve que sua antecessora e resulta numa boa mudança de ritmo. Uma ótima série independente de você ser ou não fã de Breaking Bad.

Criadora do Yada Yada, produtora de conteúdo, youtuber, podcaster. Fã do mundo do entretenimento nerd desde adolescente, tem como hobbies os filmes, seriados, livros e jogos. Sempre perde a cabeça com as promoções da Steam e é especialista em ficar pistola a qualquer momento do dia.